Começou a oficina de monitoramento ambiental, conduzida por Marcus Bastos e Samanta Fluture, no Galpão de Cultura e Cidadania, no Jardim Lapenna. Os primeiros encontros serviram para a apresentação e exercícios com o programa Arduíno, usando como exemplo a manipulação de um LED para a montagem de sensores. Foram discutidas possíveis aplicações, destacando-se o mapeamento do rio Tietê e córregos afluentes. A oficina poderá resultar na criação de uma estação que permita à comunidade detectar os pontos de poluição e medir os níveis da água, prevenindo enchentes.



PROACSP_Incentivoacultura

CULTURA_H_PR apoio

logo Fundo zona leste vertical

Anúncios