Situações críticas / territórios

Podemos determinar algumas situações críticas na região: territorialidades que abrigam configurações geomorfológicas, infraestruturas e processos urbanos de grande dinamismo. Abrigariam canteiros de investigação e projeto. As bibliotecas públicas poderão servir de base para os encontros de trabalho.

diagrama zlvortice 02

Território 1
Penha (área adensada), colinas com declives para a várzea. Rio Aricanduva e o Tietê: início da canalização, enchentes.  Entroncamento com a Radial Leste: complexo de viadutos, desconexão urbana, espaços intersticiais.

Território 2

Ermelino Matarazzo, várzea do Tietê (terraços fluviais e lagoas de meandros, impactos de olarias e portos de areia), Parque Ecológico, USP Leste, antigas Indústrias Matarazzo.

Território 3 

São Miguel, Nitro Química (indústria), favela Jardim Pantanal, projeto de estação CPTM, enchentes (Córrego Itaim / Rio Itaquera), áreas de risco.

Território 4

Itaquera, adensamento urbano. Maciço granítico (antiga pedreira aterrada). Grandes obras viárias, novos equipamentos públicos (polo tecnológico, estádio Corinthians).

Território 5

Av Jacú-Pêssego (eixo metropolitano, conexão aeroporto de Guarulhos – rodoanel), futura UNIFESP Zona Leste, desestruturação urbana (com núcleos adensados: José Bonifácio), habitação precária.

Território 6

Rio / av Aricanduva, ligação com anel metropolitano (ABC). Cidade Líder, vazios urbanos, habitação precária e polo de comércio de materiais de construção. Parque do Carmo, SESC Itaquera.

Anúncios